segunda-feira, 4 de maio de 2015

Atirador de centro cultural no Texas é identificado


Atirador de centro cultural no Texas é identificado

Nadir Soofi é o nome do segundo atirador morto durante um ataque a um centro cultural no Texas, onde era realizado um concurso de caricaturas de Maomé, na noite de domingo (3). 

Segundo agentes do FBI ouvidos pela CNN, ele dividia um apartamento com Elton Simpson, o outro atirador.

Ao contrário de Simpson, no entanto, Soofi não era conhecido pelo FBI e seu nome não fazia parte de nenhuma investigação ou monitoramento. Na segunda (4), policiais estiveram no apartamento onde os dois moravam, no condomínio Autumn Ridge. A área foi isolada durante as buscas por pistas.

Simpson e Soofi tinham a intenção de “matar pessoas”, segundo o FBI, mas não chegaram a entrar no centro cultural. Eles atiraram em um segurança, cujo nome não foi divulgado, e o atingiram no tornozelo. O guarda não foi ferido gravemente e não corre risco de morte.

Na sequência, de acordo com o porta voz do Departamento de Polícia de Garland, Joe Harn, um policial que atua no controle de trânsito e que estava fazendo hora extra como segurança do evento, disparou e acertou os dois, que morreram no local. Os atiradores estavam armados com rifles e usavam coletes a prova de balas, enquanto o segurança tinha apenas uma pistola.

A identidade do policial não foi divulgada, mas sua atuação foi elogiada por seus superiores. “Ele fez o que estava treinado para fazer, e sob a ameaça em que estava, fez um trabalho muito bom. E provavelmente salvou vidas. Achamos que o plano deles era entrar no centro cultural, e eles não conseguiram atravessar o perímetro que estabelecemos”, disse Harn.

INSCREVA-SE NA NEWSLETTER!