terça-feira, 5 de maio de 2015

Estado Islâmico reivindica responsabilidade por ataque no Texas


Estado Islâmico reivindica responsabilidade por ataque no Texas

O grupo militante Estado Islâmico reivindicou nesta terça-feira a responsabilidade pelo ataque a uma exibição de charges do profeta Maomé no Texas.


O Estado Islâmico, instalado na Síria e no Iraque, reivindicou a autoria em sua estação oficial de rádio online, dizendo que "dois soldados do califado" realizaram o ataque de domingo em Garland, no Texas. Especialistas advertem que grupos militantes são conhecidos por reivindicar crédito por ataques nos quais não estavam envolvidos.

Fontes do governo norte-americano próximas ao caso disseram que investigadores estavam vasculhando as comunicações eletrônicas enviadas e recebidas pelos dois atiradores mortos, os colegas de quarto Elton Simpson e Nadir Soofi, de Phoenix, em busca de evidências de contatos entre eles e grupos militantes estrangeiros.

INSCREVA-SE NA NEWSLETTER!