terça-feira, 26 de maio de 2015

Jornalista americano acusado de espionagem começou a ser julgado no Irã


Jornalista americano acusado de espionagem começou a ser julgado no Irã

Começou nesta terça-feira (26) o julgamento do jornalista Jason Rezaian, correspondente do jornal "The Washington Post", acusado pelo governo do Irã de espionagem em nome dos Estados Unidos e propaganda contra Teerã.

De acordo com a agência de notícias locais Irna, a audiência a porta fechadas diante da Corte Revolucionária do Irã durou três horas. A data da próxima audiência ainda será estabelecida. Rezaian, de 39 anos, foi preso com sua esposa, a também repórter Yeganeh Salehi, e com uma fotógrafa em julho de 2014.

As duas foram colocadas em liberdade após o pagamento de fiança e apenas o correspondente está detido há 10 meses. A detenção de Rezaian, que tem dupla cidadania e trabalha para o Post desde 2012, gerou um novo mal-estar nas relações entre Estados Unidos e Irã.

INSCREVA-SE NA NEWSLETTER!