sexta-feira, 15 de maio de 2015

Líderes da tentativa de golpe em Burundi são presos!

Líderes da tentativa de golpe em Burundi são presos!

Autoridades do Burundi disseram nesta sexta-feira que prenderam os generais militares por trás de uma tentativa de golpe logo após o presidente retornar ao país.

A tentativa de golpe, que foi anunciado por um dos generais quarta-feira, veio depois de protestos violentos sobre a decisão do Presidente Pierre Nkurunziza de buscar um terceiro mandato.

Os detidos serão acusados ​​de motim em um tribunal militar, disse Willy Nyamitwe, um porta-voz do governo. O general Godefroid Niyombare, que anunciou o golpe no rádio quarta-feira, estava entre os detidos, disse o porta-voz.

As prisões vieram depois que o presidente, que estava na Tanzânia para uma cúpula no início desta semana, disse que ele estava voltando para casa.

"Pierre Nkurunziza é o Presidente do Burundi e presidente do Conselho Nacional para a Defesa da Democracia-Forças de Defesa da Democracia. O CNDD foi um grupo de rebeldes da etnia hutu do Burundi, mas se transformou em um partido político."

Protestos contra o Presidente

Os protestos contra o Presidente começou no mês passado, quando ele expressou sua intenção de prorrogar o seu governo de 10 anos.

Nkurunziza está buscando um terceiro mandato, o que é proibido pelo acordo que pôs fim à guerra civil 1993-2003. As tensões entre manifestantes e policiais anti-Nkurunziza continuou nesta sexta-feira.