sábado, 30 de maio de 2015

Novo presidente da Nigéria promete combater Boko Haram

Novo presidente da Nigéria promete combater Boko Haram

Muhammadu Buhari também afirmou não medir esforços para resgatar reféns do grupo jihadista.

Em discurso de posse na sexta-feira, o novo presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, prometeu intensificar a campanha militar contra o grupo radical islâmico Boko Haram.

“O Boko Haram é um grupo de gente louca e sem Deus, que está o mais longe do Islã quanto possamos imaginar”, declarou Buhari, um muçulmano do Norte da Nigéria, região do país onde mais se pode sentir a revolta dos fundamentalistas iniciada em 2009, com um balanço de mais de 15 mil mortos.

Muhammadu Buhari é o presidente eleito e líder militar da reserva do Exército da Nigéria. Ele tornou-se chefe-de-estado de seu país, de 31 de dezembro de 1983 à 27 de agosto de 1985, após um golpe militar contra Shehu Shagari. Wikipédia

O novo chefe de Estado nigeriano disse que pretende instalar um novo centro de comando militar em Maiduguri (Nordeste do país), reduto do grupo jihadista, avaliando que “a vitória não pode ser conseguida a partir de um centro de comando em Abuja (centro)”.

Buhari prometeu ainda fazer o que for possível para resgatar os milhares de pessoas que se acredita serem reféns do grupo Boko Haram – incluindo 219 estudantes que os radicais levaram da cidade de Chibok em abril de 2014.

Eleito no dia 28 de março deste ano, Muhammadu Buhari, 72 anos, substitui Goodluck Jonathan. Esta é a primeira vez que um opositor vence um chefe de Estado cessante na primeira potência econômica e país mais populoso da África.