24/05/2015

Chris Weidman: "Belfort parecia um chefão de videogame, com a energia caindo"


Chris Weidman

Chris Weidman manteve o cinturão dos pesos-médios do UFC com um nocaute técnico em 2m53s de luta, mas não passou incólume de sua luta contra Vitor Belfort.

O americano apareceu para a coletiva de imprensa pós-UFC 187, em Las Vegas, com ferimentos no supercílio esquerdo e no nariz, usando uma toalha para limpá-los frequentemente. Ele deixou a entrevista mais cedo para levar pontos no rosto. Mesmo assim, garantiu que o brasileiro não esteve tão perto assim de derrotá-lo.

- Parecia como um videogame: conforme você enfrenta o "chefão", a energia dele vai caindo. Eu pensei, "Você só vai gastar toda sua energia". Eu estou acostumado a treinar com caras usando luvas de 16 onças (de boxe), então estou acostumado a deixar os caras baterem e se cansarem. Aí, ele acertou um uppercut e eu pensei, "Tenho que me mover e sair daqui". Mas aí, comecei a ver seus golpes saindo cada vez mais lentos, e percebi que ele estava cansando e eu estava bem - comentou Weidman.


Se você gosta dos relatórios de MichellHilton.com, deixe (seu e-mail aqui) para se inscrever no meu boletim informativo semanal.