quarta-feira, 1 de julho de 2015

Gravadora destrói material inédito de Amy Winehouse


Gravadora destrói material inédito de Amy Winehouse para impedir futuros lançamentos.

Para evitar lançamentos futuros, a Universal destruiu todas as demos que continham material inédito da cantora britânica Amy Winehouse, que morreu em julho de 2011. As informações foram dadas por David Joseph, diretor-executivo da empresa no Reino Unido, à revista Billboard.

"Era uma questão moral", disse ele. "Roubar um trecho ou um vocal é algo que jamais aconteceria sob a minha chefia. E agora não pode acontecer sob a chefia de ninguém". Joseph revelou que a gravadora quer evitar que, futuramente, as gravações inéditas sejam compiladas para lançamento de um álbum póstumo de Amy.

Dessa maneira, o álbum "Lioness: Hidden treasures", produzido em dezembro de 2011, deve ser provavelmente o último trabalho da diva do soul. O novo disco mistura músicas já lançadas de Amy com trabalhos inacabados e inéditos.


INSCREVA-SE NA NEWSLETTER!