quarta-feira, 9 de março de 2016

Delcídio cita Aécio Neves que já foi citado pelo doleiro Alberto Yousseff


Aécio Neves tem culpa nas mãos, diz Delcídio

Delcídio do Amaral citou o presidente do Senado, Renan Calheiros, e Aécio Neves, entre outros senadores, em seu acordo de delação premiada.

Aécio Neves, presidente do PSDB, já foi citado pelo doleiro Alberto Yousseff e por Carlos Alexandre Rocha, o Ceará, responsável pela entrega do dinheiro. Os procedimentos, no entanto, já foram arquivados. Ainda segundo a Folha, a menção a Renan Calheiros, teria sido lateral. O presidente do Senado é investigado em seis inquéritos sob suposta ligação com desvios da Petrobras.

Meu melhor palpite, baseado na evidência.

Aécio não é um acidente empurrado pelo destino em uma festa de quem não merece. Ele é um espelho do que o país se tornou. Ele é, simplesmente, uma manifestação particularmente embaraçosa da aversão do que os partidos pregam de verdade, apelos ao medo, imunidade a razão, e denúncias contra os que não andam conforme o jogo do PSDB.

Confrontado com tais detritos, parece quase trivial para Aécio analisar as consequências políticas que certas acusações podem trazer para seu partido já enfraquecido.



Assine nossa newsletter

Para entrar em contato com o autor desta postagem, envie um e-mail para MichellHilton@ProtonMail.com.