quinta-feira, 21 de abril de 2016

Criador do vírus SpyEye pega 24 anos de prisão

Dois hackers internacionais, Aleksandr Andreevich Panin e Hamza Bendelladj, foram condenados a 24 anos e 6 meses de prisão por seus papéis no desenvolvimento e distribuição do trojan bancário SpyEye, um botnet poderoso semelhante ao malware Zeus. Ambos os hackers foram acusados ​​de roubar centenas de milhões de dólares de instituições bancárias em todo o mundo.

Os cérebros por trás do desenvolvimento e distribuição do infame "SpyEye" foram finalmente condenados, disse o Departamento de Justiça dos EUA na quarta-feira. SpyEye, um sucessor para o notório malware bancário Zeus, tem afetado instituições financeiras desde 2009.

Hamza Bendelladj vendeu versões do SpyEye para quase 150 clientes por preços que variam de 1.000 a 8.500 dólares e um de seus clientes, relatou ter feito mais de 3,2 milhões de dólares em apenas seis meses usando o vírus.

SpyEye foi usado para infectar mais de 50 milhões de computadores em todo o mundo entre 2010-2012, provocando prejuízos de quase 1 bilhão de dólares em perdas financeiras para os indivíduos e instituições financeiras em todo o mundo. Bendelladj foi detido na Tailândia em 2013 e extraditado para a os Estados Unidos.