30/11/2016

Crimes do regime israelense aumentaram na Palestina


O Irã diz que os esforços da comunidade internacional para deter contínuas ações, políticas ilegais e criminosas de Israel contra o povo da Palestina, "falharam ou se mostraram inadequadas."

O Irã diz que os esforços da comunidade internacional para deter contínuas ações, políticas ilegais e criminosas de Israel contra o povo da Palestina, "falharam ou se mostraram inadequadas."

Israel "continua a ignorar e desrespeitar as demandas persistentes da comunidade internacional a respeitar o direito internacional", disse o vice-embaixador do Irã na ONU.

As ações criminosas do regime de Tel Aviv contra o povo da Palestina.

"A violação sistemática dos direitos do povo palestino, incluindo demolição de casas, deslocamento forçado de civis palestinos, prisão e detenção de palestinos, incluindo crianças, e a violência incessante, terror e provocações por parte de colonos e extremistas israelenses, incluindo em locais religiosos sensíveis, particularmente al-Aqsa em Jerusalém Oriental, persistiram inabalável", frisou.

Dehqani observou que o bloqueio ilegal de Israel à Faixa de Gaza continua a alimentar o desespero entre os palestinos, e o aumento do número de assentamentos ilegais em solo palestino.

O regime de Tel Aviv tem desafiado os apelos internacionais para parar suas atividades de construção ilegal, com a sua expansão dos assentamentos entre as principais razões por trás do colapso da última rodada das chamadas negociações de paz do Oriente Médio em 2014.



Se você gosta dos relatórios de MichellHilton.com, deixe (seu e-mail aqui) para se inscrever no meu boletim informativo semanal.