14/12/2016

José Yunes pede demissão


Citado em delação da Odebrecht, assessor especial de Temer pede demissão

A delação do ex-executivo da Odebrecht Cláudio Melo Filho resultou, nesta quarta-feira, 14, na primeira baixa do governo do presidente Michel Temer. A assessor especial da Presidência e amigo de Temer há 50 anos, José Yunes, entregou sua carta de demissão no início da tarde desta quarta.


Se você gosta dos relatórios de MichellHilton.com, deixe (seu e-mail aqui) para se inscrever no meu boletim informativo semanal.