domingo, 5 de março de 2017

É sobre Obama e seu vício de poder


George W. Bush raramente criticou seu sucessor na presidência, Obama. Infelizmente, Barack não está prestes a seguir esse precedente. Ele está muito disposto a destruir Trump. Tanto que quase se assemelha à sedição. Como os Clinton antes dele, Obama ficou rico no cargo. Ele também está alinhado com o bilionário, George Soros, que está ansioso para ajudar a financiar o mal de Barack. Utilizando muito dinheiro e conexões, Obama tentará guiar a América de volta à estrada para o globalismo. Ao contrário de Obama, Trump não quer ser presidente do mundo. Ele quer ajudar a América primeiro e Obama não suporta isso.

O mundo já teve o suficiente de Obama.



INSCREVA-SE NA NEWSLETTER!