22/07/2017

Serviços de VPNs estão com os dias contados na Rússia


O parlamento da Rússia proibiu o uso de redes privadas virtuais, ou VPNs, e outros serviços de proxy, citando preocupações sobre a disseminação de materiais extremistas

O parlamento da Rússia proibiu o uso de redes privadas virtuais, ou VPNs, e outros serviços de proxy, citando preocupações sobre a disseminação de materiais extremistas.

A Duma aprovou por unanimidade um projeto de lei que obrigaria os provedores de internet a bloquear sites que ofereçam serviços VPN. Muitos russos usam VPNs para acessarem conteúdo bloqueado.



Se você gosta dos relatórios de MichellHilton.com, deixe (seu e-mail aqui) para se inscrever no meu boletim informativo semanal.