segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Crime tem preço

O empresário Joesley Batista, dono da JBS, disse em depoimento à PGR (Procuradoria-Geral da República) que acertou contratos fictícios com o escritório de Marco Aurelio Carvalho, sócio do ex-ministro José Eduardo Cardozo.

O empresário Joesley Batista, dono da JBS, disse em depoimento à PGR (Procuradoria-Geral da República) que acertou contratos fictícios com o escritório de Marco Aurelio Carvalho, sócio do ex-ministro José Eduardo Cardozo.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: Crime tem preço

RECEBA ALERTAS NO SEU E-MAIL: