domingo, 1 de outubro de 2017

Alfonso Dastis defende violência policial na Catalunha


O ministro das Relações Exteriores da Espanha, Alfonso Dastis, afirmou que a violência policial durante a independência da Catalunha "não foi extraordinária".

O ministro das Relações Exteriores da Espanha, Alfonso Dastis, afirmou que a violência policial durante a independência da Catalunha "não foi extraordinário".

Alfonso Dastis disse: "Eu não concordo que tenha sido usado um nível extraordinário de violência."

761 pessoas foram feridas na violência ligada ao referendo.


INSCREVA-SE NA NEWSLETTER!