domingo, 19 de novembro de 2017

A saída de Mugabe abri caminho para a esperança no Zimbábue


Mugabe resistiu a demitir-se como presidente por mais de uma década, usando resultados de eleições questionáveis ​​e força bruta para permanecer no poder.

Robert Mugabe foi demitido como chefe do partido ZANU-PF, marcando o fim de seus 37 anos de governo, e ainda mais no comando do partido no poder. Mugabe foi demitido no domingo (19) e sua esposa, a primeira-dama Grace Mugabe, foi expulsa da festa por incitar a divisão.

Mugabe foi substituído por Emmerson Mnangagwa, o vice-presidente cujo mecanismo foi o catalisador desse momento extraordinário na história do Zimbábue. Mnangagwa foi nomeado como presidente interino e será o candidato presidencial do partido para as eleições gerais do próximo ano.

Mugabe resistiu a demitir-se como presidente por mais de três décadas, usando resultados de eleições questionáveis ​​e força bruta para permanecer no poder.

Por enquanto, a esperança é tingida de incerteza. Será que os militares realmente vão renunciar em favor do povo? Uma coisa é certa, isso marca o fim de Robert Mugabe.



Você tem um blog? Você quer colocar as análises de MichellHilton.com em seu blog/site? Ajude-nos a ajudar você. Envie um e-mail para MichellHilton@Outlook.com.

Assine nossa newsletter

Visão 2030