quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Os dias de Mugabe governando o Zimbábue chegaram ao fim

Parece claro que os dias de Robert Mugabe governando o Zimbábue estão chegando no fim.

Robert Mugabe, o único chefe de estado que o Zimbábue já conheceu em seus 37 anos de existência, foi hoje de manhã colocado em prisão domiciliar. Embora os militares insistissem que não era um golpe, tem todas as características de um: o exército controla a estação de televisão, o aeroporto e limitou os passos do presidente e da sua família. Relatórios não confirmados sugerem que os líderes de uma facção do ZANU-PF, o partido político no poder, estão sendo afastados de seus cargos e presos. No entanto, as próximas horas e dias vão provar minhas previsões, mas parece claro que os dias de Robert Mugabe governando o Zimbábue estão chegando no fim.

Existem diversos eventos que precipitaram a intervenção militar, mas a principal girou em torno da questão de quem iria assumir o lugar de Mugabe, de 93 anos. Então, há uma semana, as notícias pareciam inclinar-se para a sua esposa, isso depois que o vice-presidente foi demitido e castigado publicamente por mostrar "traços de deslealdade". Humilhado e temente por sua vida, ele fugiu do país.

A crise que se segue já era esperada.