16/01/2018

Operação na Alemanha contra espiões iranianos


As autoridades alemãs realizaram buscas em casas e empresas pertencentes a 10 iranianos suspeitos de serem espiões.

As autoridades alemãs realizaram buscas em casas e empresas pertencentes a 10 iranianos suspeitos de serem espiões.

O Ministério Público Federal ordenou as buscas depois de receber uma dica da inteligência alemã.

Acredita-se que os suspeitos tenham espionado pessoas e instituições "em nome de uma entidade de inteligência associada ao Irã", disse o Ministério Público da Alemanha.

Não foram feitas prisões durante as incursões.

A revista alemã Focus, que primeiro relatou a notícia, disse que os 10 indivíduos eram membros suspeitos da Brigada al-Quds, o braço de operações externas da poderosa Guarda Revolucionária Islâmica Corp (IRGC).

Acredita-se que agentes iranianos espionem regularmente israelenses, instituições judaicas, dissidentes iranianos e outros alvos no exterior.


Se você gosta dos relatórios de MichellHilton.com, deixe (seu e-mail aqui) para se inscrever no meu boletim informativo semanal.