sexta-feira, 9 de março de 2018

Governo britânico aciona exército após ataque com agente nervoso contra um ex-espião russo e sua filha


Governo britânico aciona exército após ataque com agente nervoso contra um ex-espião russo e sua filha

Reino Unido acionou o exército para auxiliar na investigação sobre o envenenamento de um ex-espião russo e sua filha.

Os militares vão ajudar na investigação sobre o agente nervoso usado para envenenar Sergei Skripal e sua filha Yulia, que permanecem no hospital. Os dois foram encontrados vivos, mas em condições críticas sentados no banco de uma praça em Salisbury, que está localizada não muito longe de Londres.

A natureza sofisticada da tentativa de assassinato levou à especulação de que o governo russo pode estar por trás do ataque.

Esta não é a primeira vez que isso acontece com um ex-espião russo na Inglaterra. Muitas pessoas dizem que o caso de envenenamento de Skripal tem semelhanças com a morte por envenenamento do ex-espião Litvinenko. Na ocasião, o veneno foi colocado na xícara de chá de Litvinenko.

O filho de Sergei, Alexander Skripal, de 44 anos, morreu de insuficiência hepática no ano passado enquanto estava em férias em São Petersburgo, na Rússia, e sua morte prematura está sendo investigada novamente como resultado do que aconteceu com seu pai e irmã.



Você tem um blog? Você quer colocar as análises de MichellHilton.com em seu blog/site? Ajude-nos a ajudar você. Envie um e-mail para MichellHilton@Outlook.com.

Assine nossa newsletter

Visão 2030