quinta-feira, 26 de abril de 2018

Tegra X1: 14 milhões de Nintendo Switch estão vulneráveis


O Switch da Nintendo foi hackeado para rodar o Linux em fevereiro, e agora está claro que os hackers podem ir ainda mais longe.

O Switch da Nintendo foi hackeado para rodar o Linux em fevereiro, e agora está claro que os hackers podem ir ainda mais longe. Eurogamer relata que hackers podem explorar uma falha no Tegra X1 da Nvidia (que alimenta o Switch) e ganharem acesso ao sistema operacional do Switch. A Nintendo não pode corrigir a falha sem liberar uma nova versão do Switch, o que significa que pelo menos 14 milhões de dispositivos estão vulneráveis.

A Nintendo deve estar chateada com a Nvidia.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: Falha permite jogos piratas no Switch


INSCREVA-SE NA NEWSLETTER!