terça-feira, 10 de abril de 2018

Cambridge Analytica se defende


A Cambridge Analytica também está assistindo ao testemunho de Zuckerberg.

A Cambridge Analytica também está assistindo ao testemunho de Zuckerberg. A empresa de dados reagiu aos comentários na audiência dizendo que a empresa havia indevidamente obtido informações sobre os usuários do Facebook antes da eleição de 2016 nos EUA.

"Não hackeamos o Facebook e nem violamos nenhuma lei", disse a Cambridge Analytica em um post no Twitter. Em vez disso, a empresa disse que a SCL Elections, sua divisão política, licenciou dados de uma empresa que obteve os dados através de uma ferramenta fornecida pelo Facebook - algo que era "uma prática comum na época", disse Cambridge.

A Cambridge Analytica disse que deletou os dados quando o Facebook disse que violou seus termos de serviço, e que uma auditoria independente está trabalhando para verificar isso.


INSCREVA-SE NA NEWSLETTER!