terça-feira, 5 de junho de 2018

A dispendiosa saída de Jan Koum e Brian Acton do Facebook


Quão feia foi a separação entre Facebook e os dois fundadores do WhatsApp? Os criadores do popular serviço de mensagens estão indo embora e deixando cerca de 1,3 bilhão de dólares na mesa.

A dispendiosa saída de Jan Koum e Brian Acton limita uma longa disputa sobre como extrair mais receita do WhatsApp, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto. O Facebook continua comprometido com seu modelo de negócios baseado em anúncios em meio a críticas.

Zuckerberg garantiu que ele não colocaria publicidade no Whats, de acordo com uma pessoa a par do assunto.

A postura do Facebook mudou por volta de 2016. O WhatsApp superou um bilhão de usuários mensais e eliminou sua taxa de 99 centavos. O Facebook disse aos investidores que pararia de aumentar o número de anúncios no feed de notícias do Facebook, resultando em um crescimento mais lento da receita de publicidade. Isso pressionou outras propriedades do Facebook - incluindo o WhatsApp - a ganhar dinheiro.

Quando o Facebook comprou o WhatsApp em 2014, o serviço de mensagens estava crescendo rapidamente e já acumulava 450 milhões de usuários mensais, tornando-se mais popular que o Twitter, que tinha 240 milhões de usuários mensais na época e estava avaliado em 30 bilhões de dólares. O WhatsApp atualmente possui 1,5 bilhão de usuários.

Mark quer ser o cara que tem mais bilhões no mundo.


INSCREVA-SE NA NEWSLETTER!