terça-feira, 31 de julho de 2018

Facebook exclui mais páginas e perfis controversos

O Facebook anunciou nesta terça-feira ter identificado uma campanha visando a influenciar politicamente usuários.

A empresa removeu 32 páginas e contas no Facebook e Instagram, porque elas estavam envolvidas em "atividades coordenadas", disse a empresa. Quase 300 mil pessoas seguiram pelo menos uma dessas páginas, criadas entre março de 2017 e maio de 2018. As páginas publicaram cerca de 150 anúncios ao custo de cerca de 11 mil dólares, mas o Facebook disse que os operários não puderam veicular anúncios desde a introdução de seu novo sistema para verificar anunciantes políticos.