quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Twitter quer reprimir 'linguagem desumanizante'

O Twitter explicou "linguagem desumanizante", citando estudiosos como Susan Benesch, que explicam que a desumanização inclui se referir a pessoas como coisas, insetos, animais desprezados, bactérias e muito mais. Tal discurso também poderia ter repercussões offline.

A política de "conduta odiosa" do Twitter proíbe os usuários de fazer ataques diretos ou ameaças contra pessoas com base na raça, etnia, orientação sexual ou gênero, por exemplo, mas não engloba necessariamente os tweets que desumanizam os usuários de maneiras diferentes.

O Twitter ainda precisa de muito tempo para mudar.