sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Líderes do Khmer Vermelho são condenados por genocídio

Dois líderes do brutal regime do Khmer Vermelho, de Pol Pot, foram considerados culpados de genocídio. Nuon Chea, de 92 anos, era o vice de Pol Pot, e Khieu Samphan, de 87 anos, chefe de Estado do regime cambojano.

Ainda me surpreende o número de pessoas que nunca ouviram falar do regime de Pol Pot. Um dos atos mais horríveis e brutais da história moderna.

Para aqueles não familiarizados com o Khmer, eles mataram mais de 25 por cento da população do Camboja de 1975-1979. Pol Pot visou aqueles que foram educados.

Para colocar a brutalidade em ordem, considere isto: em 1975, havia mais de 500 médicos no Camboja. Em 1979, só sobraram 10 deles.