segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Caso da Huawei força a China a andar na corda bamba

Pequim quer defender seus principais negócios, mas não quer pôr em risco as conversações atuais para resolver a guerra comercial com Washington.