sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Huawei utilizou uma subsidiária para negociar com o Irã

Entre 2009 e 2014, a Huawei teria utilizado uma subsidiária não oficial, a Skycom, para negociar com o Irã e Meng Wanzhou, que enfrenta várias acusações, deliberadamente deturpou a empresa para contornar as sanções dos EUA e da UE contra o regime do Irã.

VEJA TAMBÉM: Huawei nomeia novo CFO

Meng, filha do fundador da Huawei, Ren Zhengfei, pode ser extraditada para os EUA.