terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Jogos estão explorando o controverso tópico do racismo

Alguns desses jogos são óbvios, como Mafia III, um jogo ambientado em New Bordeaux na década de 1960, onde você controla um protagonista tentando se levantar no mundo das máfias. Enquanto você caminha pelas ruas, as pessoas brancas olham para você com desdém, algumas até fechando suas portas. O racismo no jogo é bastante evidente.


Mais recentemente, a Electronic Arts atraiu muita atenção pelo seu controverso Battlefield V, apresentando uma mulher em combate. Enquanto você pode estar se perguntando o que há de errado com uma mulher em combate, a precisão histórica é, na verdade, bastante controversa. As mulheres não lutaram na Segunda Guerra Mundial. As mulheres não foram sequer permitidas nas forças britânicas até os anos 70 (ou algo parecido - me corrijam se eu estiver errado)! O que certamente significava que não havia como uma mulher estar na linha de frente durante a Segunda Guerra Mundial. Battlefield V provocou indignação de jogadores e historiadores.

RECEBA ALERTAS NO SEU E-MAIL: