sábado, 1 de dezembro de 2018

WeChat se tornou um terreno fértil para os islamofóbicos

WeChat, o WhatsApp chinês, se tornou um caloroso casulo onde as pessoas podem espalhar conspirações e críticas sobre a minoria muçulmana da China.



RECEBA ALERTAS NO SEU E-MAIL: