sábado, 5 de janeiro de 2019

LinkedIn censura ativista chinês e depois volta atrás

LinkedIn restaurou o acesso ao perfil do proeminente ativista chinês Zhou Fengsuo, um dia depois que o site lhe disse que sua página havia sido censurada de acordo com o compromisso da empresa de aderir às "exigências do governo chinês".