quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

A divisão estrita entre fatos e opiniões do WSJ

O jornal Wall Street Journal tem uma divisão estrita entre fatos e opinião. As páginas de notícias estão cheias de opiniões e o editorial segue os fatos.

Tradicionalmente, o WSJ tinha a reputação de ter uma linha editorial de direita, mas sempre se esforçou para ser preciso, justo e sério. Desde que foi adquirido por Robert Murdoch, em 2007, um certo viés conservador começou a se infiltrar em sua cobertura.