quinta-feira, 21 de março de 2019

CVM solta os cachorros atrás da Empiricus

Após repercussão do caso Bettina Rudolph, a funcionária isca da Empiricus, que alega ter acumulado mais de 1 milhão de reais após investimento inicial de 1.500, a Comissão de Valores Imobiliários (CVM) divulgou uma nota afirmando que empresa não tem autorização da autarquia para atuar como analista de investimentos, e ainda revelou que corre um processo que analisa as atividades da empresa.

Eu diria que os verdadeiros homens do dinheiro são aqueles que não precisam da Empiricus, cujas promessas minimizam a os resultados negativos.