sexta-feira, 29 de março de 2019

Forbes tem um artigo um tanto enganoso sobre o PIF

(Forbes) - Na quarta-feira (27), a Saudi Aramco anunciou que chegou a um acordo para adquirir a petroquímica SABIC por 69,1 bilhões de dólares. O acordo está sendo apontado como uma conquista e, possivelmente, um passo em direção a uma oferta pública inicial da Aramco, há muito esperada, mas deve ser vista como um sinal sinistro pelos investidores que analisam as oportunidades da Arábia Saudita.

O anúncio deixou claro que a Aramco comprou apenas os 70 por cento que pertenciam ao Fundo de Investimento Público (PIF) - o fundo soberano do governo. 

Quando o PIF e o governo estão envolvidos, eles sempre sairão melhores de qualquer negócio, e seus parceiros de investimento não, segundo o artigo.

O PIF é o braço de investimento do príncipe herdeiro, o que significa que tem o poder do rei por trás dele. A Arábia Saudita é governada por um monarca absoluto, o que significa que se o rei ou seu filho, o príncipe herdeiro, quiser algo, eles podem tê-lo. Quando um empreendedor procura competir com os planos do PIF, não há como vencer.

Bom, o artigo é enganoso e clickbait na melhor das hipóteses, errado na pior das hipóteses.



Comente com o Facebook: