domingo, 31 de março de 2019

O "Holocausto" atinge Mark Zuckerberg

"Suicídio no Facebook" costumava significar deixar a onipresente rede social para o mundo real. No entanto, as postagens antigas do CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, misteriosamente desapareceram, mas Mark continua ativo no Facebook.

Isso inclui todas as postagens que ele fez em 2007 e 2008.

Um porta-voz do Facebook, que foi contatado pelo Business Insider, disse que os posts foram "erroneamente excluídos" devido a "erros técnicos".