sábado, 6 de abril de 2019

Lyft ameaça processar o Morgan Stanley

O jornal New York Post informou que o banco de investimentos Morgan Stanley, o principal subscritor do IPO da Uber, estava ajudando os investidores pré-IPO da Lyft, que teve uma recente queda nas ações, a se protegerem contra um possível declínio nas ações da empresa. A Lyft enviou uma carta ameaçando processar o banco.

Morgan Stanley negou veementemente as alegações.