quarta-feira, 3 de abril de 2019

Os gays em Brunei estão desesperados

Hasanal Bolkiah, o sultão de Brunei, instaurou nesta quarta-feira (03) a pena de morte por apedrejamento para punir gays e o adultério, o que casou revolta nas pessoas que não tem absolutamente nada haver com o país (algumas nem sabiam que Brunei existia).

Lei também prevê a amputação de um pé ou de uma das mãos para os ladrões.