domingo, 19 de maio de 2019

Um "ataque cirúrgico" contra o Irã?

Os clérigos não teriam um lugar na política e seriam sumariamente removidos (sabe o que "sumariamente removidos" significa aqui) ou obrigados a ir para o exílio.

Negociar com a comunidade internacional, sob um novo governo, para aliviar as sanções em troca da desaceleração total dos programas de mísseis.

Descentralizar o país de sua antiga capital, Teerã, seria inevitável.

Devolver os bilhões de dólares ao Irã que foram roubados pelos clérigos.

Com o alívio da sanções, o petróleo proporcionaria uma riqueza muito maior para o país, não para as milícias substitutas ou para as famílias dos clérigos dominantes.