terça-feira, 14 de maio de 2019

Michell Hilton

Você deve atualizar seu WhatsApp agora

Uma vulnerabilidade de segurança no WhatsApp permitiu que agentes maliciosos implantassem spyware israelense em dispositivos móveis.

Uma vulnerabilidade no WhatsApp permitiu que agentes maliciosos implantassem spyware israelense em dispositivos móveis, segundo o Financial Times.

Usando nada mais do que uma chamada típica e inocente pelo WhatsApp, os usuários nem precisavam atender, pois o código malicioso, que está vinculado à empresa israelense NSO Group, era executado em segundo plano.

Verifique se você está usando a versão mais recente do WhatsApp.

Os principais clientes da NSO Group são governos.



Comente com o Facebook: