sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Michell Hilton

O caos em Hong Kong e o poder do HSBC

Hong Kong, HSBC, Michell Hilton

O caos em Hong Kong pode estar minando a influência do HSBC (Hong Kong and Shanghai Banking Corporation): Esta empresa foi fundada em 1865, primeiro para financiar o comércio de ópio, mas logo se tornou o maior banco mercantil britânico a leste de Suez. Mesmo depois de 1949, quando a República Popular da China foi fundada, desempenhou um papel importante no comércio entre a RPC e o resto do mundo, especialmente Hong Kong, mesmo durante o período da Revolução Cultural (1966-1976) quando a China estava praticamente isolada do resto do mundo. Em Hong Kong, sempre teve uma estreita relação financeira e comercial com os antigos conglomerados britânicos, como o Jardine Matheson e o Swire Group. Agora, porém, durante os distúrbios em Hong Kong, algo interessante aconteceu. Após os motins, houve duas grandes saídas do HSBC: o CEO John Flint (que partiu depois de apenas 18 meses no cargo), e a CEO do HSBC da Grande China, Helen Wong. É muito incomum que dois executivos graduados saiam, e isso provavelmente indica que eles sabem coisas que ainda não sabemos.