quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Os manifestantes venceram em Hong Kong?

Sob pressão, a líder de Hong Kong, Carrie Lam, anunciou nesta quarta-feira (04) a retirada formal do controverso projeto de extradição que mergulhou a cidade em sua pior crise política em décadas, segundo o South China Morning Post, o jornal pró-Pequim de propriedade do Alibaba.

Em áudio vazado, Lam diz que deixaria governo se tivesse escolha.