sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Michell Hilton

TikTok rebate acusações dos EUA

TikTok, risco de segurança nacional

O TikTok diz que suas políticas de moderação de conteúdo são lideradas por uma equipe com sede nos EUA e que não removerá o conteúdo, incluindo postagens sobre Hong Kong, a pedido da China.

"Nunca fomos solicitados pelo governo chinês a remover qualquer conteúdo e não o faríamos se solicitado", disse a empresa em comunicado divulgado na manhã desta sexta-feira (25).

A declaração acontece um dia depois que Chuck Schumer, um senador democrata, exigiu urgência ao governo para investigar o aplicativo TikTok, sob a alegação de que a rede social chinesa pode funcionar como uma' potencial ameaça de contra-inteligência que não podemos ignorar" e alertando sobre uma possível interferência nas eleições americanas.