sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Michell Hilton

Hackers russos do Evil Corp são indiciados nos EUA

As autoridades americanas indiciaram dois russos (Igor Turashev e Maksim Yakubets) responsáveis pela Evil Corp.

Os EUA indiciaram dois russos (Igor Turashev e Maksim Yakubets) responsáveis pela Evil Corp, uma organização cibernética de hackers, e os acusaram de ter vínculos com o serviço de inteligência da Rússia (FSB).

O Departamento de Estado e o FBI anunciaram uma recompensa de cinco milhões de dólares por Maksim Yakubets.

Utilizando um malware chamado Dridex, o grupo roubou mais de 100 milhões de dólares de pessoas e empresas, incluindo uma empresa de petróleo e um banco, segundo as autoridades americanas.

O Dridex foi configurado para atingir os clientes de quase 300 organizações diferentes em mais de 40 países, automatizando o roubo de credenciais bancárias e outras informações confidenciais de computadores infectados. Com o tempo, os criadores do Dridex atualizaram o malware para instalar o ransomware. Anteriormente conhecido como Bugat e Cridex, o Dridex usava explorações zeroday e anexos maliciosos em e-mails para infectar alvos. O malware contornava o antivírus.