domingo, 5 de janeiro de 2020

Trump volta a alertar o Irã

"Esses posts servem como uma notificação ao Congresso dos EUA de que se o Irã atacar qualquer pessoa ou alvo dos EUA, os Estados Unidos vão rapidamente e com toda a força atacar de volta, e talvez de uma maneira desproporcional. Esse aviso legal não é necessário, mas está sendo dado mesmo assim", escreveu Trump, o presidente da guerra, no Twitter.