sexta-feira, 20 de março de 2020

O PIB do Brasil em 2020 "está nas mãos" do coronavírus

Os bancos JP Morgan e Goldman Sachs estão prevendo uma contração da economia brasileira em 2020, com o Produto Interno Bruto (PIB) afetado fortemente pelos efeitos globais do coronavírus.

O JP Morgan projeta declínio de 1,0 por cento no PIB em 2020.

Goldman Sachs cortou sua projeção para a economia do Brasil em 2020, de expansão de 1,5 por cento para contração de 0,9 por cento.

Além disso, o UBS baixou a 0,5 por cento sua expectativa de crescimento para o PIB brasileiro neste ano. Credit Suisse também reduziu sua projeção de expansão de 1,4 por cento para zero, segundo a Reuters.