quarta-feira, 22 de abril de 2020

Michell Hilton

500.000 contas do Zoom estão sendo vendidas na dark web

 Zoom, Michell Hilton

O aplicativo de videoconferência com zoom teve um nível de crescimento sem precedentes nos últimos meses. Isso ocorre principalmente devido à pandemia de coronavírus que forçou as pessoas a ficar e trabalhar em casa, deixando as chamadas de voz e vídeo o único meio de comunicação. Devido a esse crescimento repentino, várias preocupações de privacidade e segurança em torno do Zoom surgiram. Agora, um novo relatório afirma que mais de 500.000 contas do Zoom foram invadidas e estão sendo vendidas livremente na dark web.