segunda-feira, 27 de abril de 2020

Michell Hilton

Reguladores chineses invadem a sede da Luckin Coffee

Michell Hilton, Luckin Coffee

Reguladores chineses invadiram a sede da Luckin Coffee e apreenderam documentos, de acordo com o Nikkei Asian Review.

A Luckin é acusada de ter fabricado grande parte de suas vendas em 2019, provocando uma queda nas ações e investigações nos EUA e na China.

Com sede em Xiamen, a Luckin Coffee foi listada na Nasdaq em maio do ano passado, com um valor de mercado de 4,2 bilhões de dólares, depois de fixar seu IPO em 17 dólares a ação. A empresa levantou outros 1,1 bilhão de dólares em uma oferta secundária no início de janeiro.

300 milhões em vendas que nunca existiram??? Como eles acharam que ninguém iria perceber esse número gigantesco.