sábado, 13 de junho de 2020

Barclays em mais controvérsias

Um importante banqueiro do banco britânico Barclays criou uma agitação nos círculos financeiros de Londres, afirmando que sua então esposa esteve por atrás de um acordo de resgate de 3,25 bilhões de libras durante a crise financeira de 2008, em vez da empresária Amanda Staveley.

Staveley está processando o Barclays em 1,5 bilhão de dólares, dizendo que o banco a enganou enquanto trabalhava para garantir o acordo que supostamente salvou o banco na crise.

O principal banqueiro do Barclays, Roger Jenkins, é acusado de enganar a empresa de private equity de Staveley, a PCP Capital Partners.

Segundo o Yahoo, Roger "não teria informado a Staveley que o Barclays estava pagando taxas adicionais de 346 milhões de libras aos investidores do Qatar e um empréstimo de 2 bilhões de libras ao Estado do Qatar".

Adoro o Barclays, ele sempre se sai dessas coisas.