quinta-feira, 4 de junho de 2020

Michell Hilton

Cofundador da Bitmain invade escritório da empresa em Pequim e assume o comando

Micree Zhan, Bitmain, Michell

Micree Zhan, o cofundador da Bitmain que foi removido em outubro de 2019 pelo seu ex-amigo Jihan Wu, enviou uma carta endereçada aos funcionários da Bitmain por meio de sua conta no WeChat nesta quinta-feira (04), dizendo que ele retornou ao escritório da empresa em 3 de junho.

Zhan pediu que os funcionários da Bitmain retornassem ao escritório para se juntar a ele e disse que “liderará a empresa para concluir uma oferta pública inicial o mais rápido possível e levará a capitalização de mercado da Bitmain para mais de 50 bilhões nos próximos três a cinco anos".

Devido ao impacto do surto de coronavírus, a maioria dos funcionários da Bitmain trabalham em casa desde o início deste ano. Um vídeo circulando online mostra que Zhan liderou um grupo de guardas particulares e entrou à força no escritório da Bitmain em Pequim na quarta-feira (03).

De acordo com um funcionário da Bitmain, que falou com a CoinDesk sob a condição de anonimato, Zhan distribuiu bônus em dinheiro de 1.500 dólares para os que retornaram ontem e 700 dólares para os que voltaram hoje.