quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Michell Hilton

Crise dos opioides volta a assombrar a Johnson & Johnson

A crise dos opioides nos Estados Unidos atinge a Johnson & Johnson.

O Departamento de Serviços Financeiros de Nova York acusa a Johnson & Johnson de fraude em seguros como parte de seu papel na crise dos opioides nos Estados Unidos, de acordo com TheStreet.

Uma empresa farmacêutica (Purdue Pharma) produziu um milagroso medicamento opiáceo para dor na década de 90. Essa empresa alegava que seu medicamento era seguro e não causava nenhuma dependência, mas isso era uma grande mentira. Os medicamentos dessa farmacêutica são os responsáveis pela crise dos opioides nos EUA.

De 1999 a 2017, mais de 700.000 pessoas morreram de overdose de drogas.

Isso é cerca de 39.000 por ano.

De acordo com um estudo, todos os dias, mais de 130 pessoas morrem nos Estados Unidos após uma overdose de opioides.

Quem são os culpados?