31 de dezembro de 2021

Financial Times detalha acordo controverso da NSO com Uganda

Excelente reportagem do Financial Times sobre um controverso acordo da empresa israelense NSO Group com o governo da Uganda. FT detalhou uma operação que, obviamente, pretendia ser clandestina.

Em fevereiro de 2019, uma mulher israelense teria sentado em frente ao filho do presidente de Uganda e perguntou se o governo queria poder hackear secretamente qualquer telefone do mundo. 

A mulher, que tinha ligações com a inteligência israelense, estava oferecendo o temido spyware Pegasus.